Buscar
  • Imprensa/Rede

Espanhóis e italianos no evento em Atenas













O cerimonial terá a coordenação da jornalista Claudia Barbuda, presidente do Istituto Diplomazia Europea e Sudamericana.



Além da comitiva brasileira e de representações de outros país, o XVII Encontro Internacional de Juristas terá a forte presença de catedráticos da Espanha e da Itália. A sessão acadêmica do dia 22 de janeiro, por exemplo, será presidida pela doutora  Eulalia Moreno Trujillo, professora titular de Direito Civil e vice-decana de Infraestruturas da Faculdade de Direito da Universidade de Granada. Da mesma instituição espanhola, haverá as intervenções dos professores D. Alejandro Martínez Dhier, Dña. Marta Morillas Fernández e D. Miguel Ángel Moreno Navarrete, sob a moderação da advogada matogrossense Dra. Waléria Martins Vieira (MT).


A aula magna será proferida pelo jurista Raffaele Chiarelli, da Itália, professor Constitucionalista e de Direito Público, Diretor da Faculdade de Ciência Jurídica e Política da Universidade Guglielmo Marconi e Diretor Responsável da Revista AmbienteDiritto.


Como jurista europeu homenageado, estará o professor Carlo Bosna, jornalista e professor de Direito Público na Universidade Guglielmo Marconi de Roma; é também o Secretário de Turismo da Região da Puglia. Dividirá a homenagem com a desembargadora brasileira Cleusa Regina Halfen, do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região.














Professor italiano Carlo Bosna proferirá a palestra "Comunicare la cultura per promuovere talenti e spazi di espressione"


Juristas da Universidade e de Granada, Espanha, integram a parte acadêmica dos encontros internacionais (na foto, em Milão).



COMENDA INTERNACIONAL DA ÉTICA ARISTOTÉLICA


A medalha será concedida aos juristas que, nesse evento, reúnem-se em torno da ética,da ciência e dos princípios gerais do direito. Destacam-se professores, autores de livros e artigos jurídicos, advogados com atuação especializada, autoridades e membros dos quadros da Rede de Internacional de Excelência Jurídica no Brasil e no exterior. 


Aristóteles é considerado o fundador da ÉTICA enquanto disciplina específica e distinta no corpo das ciências. O filósofo ensinava que todo o conhecimento e todo o trabalho visam a algum bem. O bem é a finalidade de toda a ação. A busca do bem é o que difere a ação humana da de todos os outros animais.


56 visualizações0 comentário